hmmm Waffles…
Imagine… você está andando por um mercado em Bruges ou Bruxelas, Bélgica, e sente um cheiro bom que atrai a todos a uma barraquinha. Um cheiro guloso, de pão fresco e caramelo. Ele te prende, desperta seu paladar, o coloca em um estado de quase êxtase. Este é o waffle de Liège uma maneira diferente de fazer waffles onde a massa é mais densa e tem uma textura que lembra a de brioche. No Brasil da minha infancia eu comia nas festas e eventos grandes como feira de cães e cia ou bienal do livro… eles o chamavam de Favo Holandes, depois de assado era mergulhado em uma cobertura, que depois com a experiencia entendi que era um fondant, tinha de sabor chocolate, baunilha, morango e as vezes até abacaxi…  Tantas lembranças! Este tipo de waffle é bastante diferente do waflle convencional não só pelo seu sabor, mas tambem pela sua textura: mais grosso, macio por dentro, crocante por fora, com seus grãos de açúcar caramelizado que leva ao seu cheiro caracteristico. 

os melhores waffles do mundo

Eles se chamam Waffles Lìege

A origem é Belga, lá como na França eles tambem chamam este Waffle chamado de Gauffre 

Na verdade a Bélgica é bem conhecida por seus waffles. Existem muitas receitas diferentes, como os waffles de Bruxelas ou os waffles Walloon. Todas elas muito diferentes e gostosas. O waffle Liège é especial porque nele é incorporado a sua massa cristais grandes de açucar. É este açúcar que os torna sensacionais. Isso lhes dá um gosto tão bom que não é necessario colocar mais nenhuma cobertura. No Brasil da minha infancia quando comia este waffle/favo holandes não havia cristais de açucar na massa e por esta razão, acredito eu, que os mergulhavam em uma cobertura. 

Notem que o açucar usado não é igual ao açucar pérola, ele é maior. Mas senão encontrar este grandes pode usar o pérola.

Como fazer ?

Entenda que para fazer waffles Liège bem feito leva tempo. Nesta receita eu tenho (há inúmeras) você primeiro prepara o fermento para depois incorporar o resto dos ingredientes. A massa é preparada em uma batedeira (ou à mão, mas aí será um enorme desafio!), com o fermento fresco, ovos, açúcar, farinha e manteiga. Apenas quando tiver subido bem, os cristais de açúcar são adicionados). Em seguida, a massa é dividida em porções e após mais um descanso eles podem ser cozidos.

Qual maquina para os waffles Liège?

Qualquer boa maquina de waffle serve para o cozimento, porém é necessário que esteja bem quente para o waffle sair bem dourado. E quando é cozida, a cozinha é dominada por um cheiro que atrai os gourmets da rua toda .

Como armazenar?

Depois de cozidos, eles devem esfriar em uma grelha para manter a crocância. Quando estiverem completamente frios, coloque-os em uma caixa hemértica (o ar é o seu principal inimigo), e eles podem serguardados por vários dias. Esta é a mesma técnica que os waffles de feira. Outra forma de mante-los frescos é congela-los depois de frios. Eles congelam muito bem. Mas pense em tira-los do congelador e deixa-los em temperatura ambiente algumas horas antes de comer.

Para reaquecê-los, 20 segundos no microondas é tudo o que é necessário para recuperar a textura, o calor a alegria !

Waffles Liège Receita

Para o fermento

130 grs de farinha bem fina (com alto teor de glutem)

70 grs de água morna

3 grs de fermento de padeiro fresco (dividir por 3 para fermento de padeiro seco).

Misture tudo com o gancho da batedeira, e deixe 2 horas à temperatura ambiente, (sob uma toalha humida protegido de corrente de ar).

Em seguida junte ao fermento:

200 grs de farinha T 45

35 grs de açúcar refinado ou outro

4 grs de sal fino

2 ovos

Misture por 5 minutos na velocidade 1 da batedeira, sempre com o gancho.

Adicionar 180 grs de manteiga sem sal em temperatura ambiente

Misture 10 mns na segunda velocidade, ainda com o misturador.

Deixe a massa crescer por 1 hora, bata novamente na  batedeira.

Embru-lhe a massa com papel filme e leve na geladeira por pelo menos 2 horas.

Abra a massa, e acrescente 100 grs de açúcar em cristais (pode colocar açucar perolado), dobre-a e faça uma salsicha.

Corte em 16 partes (ou em 8 se preferir waffles maiores), enrole, achate com a palma da mão, coloque em uma assadeira, polvilhe açúcar de confeiteiro e coloque um pano de prato humido e deixe para descansar por cerca de mais 2 horas à temperatura ambiente longe de correntes de ar.

Unte sua maquina de waffles e a aqueça bem antes de colocar a massa. 

O açúcar de confeiteiro se carameliza enquanto cozinha, e os cristais de açucar dentro da massa derreteram um pouco, mas permaneceram crocantes…maravilha absoluta !

waffles deliciosos

Atenção :

As crianças neste momento já estão em estado de euforia inebriadas pelos odores caramelados que se espalham pelo ar.

É possível que os vizinhos batam na porta também curiosos pelo cheiro que vem da sua cozinha. Se isso acontecer, sugiro correr para preparar outra fornada : ) 

Para mais receitas de waffles (algumas mais rápidas do que esta) clique aqui!

Você sabia que o Eu Como Sim organiza viagens e passeios gastronómicos em Paris e arredores? Clique aqui para saber mais!

0o Comentários

  1. Avatar

    Obrigada pela receita, com certeza farei. Fiquei em dúvida sobre a quantidade de fermento: se usar fermento seco será apenas 1 grama?

Escreva um comentário