Essa é uma das melhores receitas de bolo de mel que eu já fiz, testei essa receita ano passado mudar um pouco  desta receita de bolo de mel da Rita Lobo que era completamente viciada.

O que faz essa receita ser boa é que ela fica bem umida, tem um gostinho de especiarias delicioso e dura varias dias. Além de deixar um cheiro incrível pela casa quando assada.

Na verdade, como quase todos os bolos de mel este bolo fica ainda melhor no dia seguinte e nos dias que seguem, pois o sabor se concentra, o bolo se compacta e fica ainda mais unido.

Este é um bolo excelente para Rosh Hashanah, também conhecido como o Ano Novo judaico, e Yom Kippour o feriado mais significativo da cultura judaica, onde é feito o jejum de um dia.
O mel, simboliza o início de um ano doce.

Dicas para fazer este bolo de mel

Como não há manteiga na receita, apenas óleo, basicamente você poderia misturar todos os ingredientes em uma tigela. Mas como este bolo pode ser bastante pesado, começo batendo os ovos com o açúcar e o mel, o que ajuda a tornar o bolo um pouco mais leve em textura. Em seguida, acrescente aos poucos óleo e extrato de baunilha. Depois, alterno os ingredientes secos com o chá até que tudo se misture.

Sugiro não pular os cravos (a menos que você não goste de cravos), pois eles combinam perfeitamente com o mel e ajudam a realçar o sabor.

Para ir além

Para levar este bolo um passo adiante, você pode  acrescentar alguns cubos de maçã (descascar, depois cortar em cubos e enfarinhar os cubos) na massa, especialmente se você o fizer para o feriado, pois os bolos de maçã também são populares em Rosh Hashanah.

Então vamos lá:

Bolo de Mel

bolo de mel rosh hashana

175g de farinha de trigo (branca ou integral)
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento em pó
1/4 colher de chá de sal
1 colher de chá de canela
1/4 colher de chá de cravo-da-índia moído
1/4 colher de chá de cardamomo ou noz-moscada moída
2 ovos grandes
100g de açúcar (mascavo pra mim)
120 ml de mel
80 ml de óleo (eu usei de girassol)
1/2 xícara de chá preto (faça um chá preto como se fosse beber, meça 1/2 xícara e separe)
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
25g de nozes picadas, amêndoas fatiadas, pecans, opcional
Instruções
Pré-aqueça o forno a 170°C. Unte uma forma de pão e reserve.

Em uma tigela grande, peneire a farinha, bicarbonato de sódio, fermento em pó, sal, canela, cravo-da-índia e cardamomo/nutmeg. Reserve.
Na tigela da batedeira bata os ovos, o açúcar e o mel em velocidade média-alta por 2-3 minutos, até ficar leve e fofo. Em velocidade baixa e com a batedeira funcionando, adicionar lentamente o óleo e o extrato de baunilha e bater até combinar. Desligue a misturadora. Bata na mistura de farinha em 3 adições, alternando com o café/chá em 2 adições, começando e terminando com a farinha. Bater até ficar macio. Não bata demais. Junte as nozes picadas e misture delicadamente a mão.

Despeje a massa na forma preparada. Cozer durante 35-45 minutos ou até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo. Se a parte superior escurecer muito rápido (como aconteceu comigo) enquanto estiver assando, cubra com papel alumínio. Deixe o bolo esfriar por 10 minutos, depois retire da forma e coloque em uma grade de arame para esfriar completamente.

Como disse la em cima, o bolo tem um sabor melhor um dia após ter sido feito.

É melhor servido à temperatura ambiente, mas para guardar sugiro mante-lo em um recipiente hermético no geladeira, dura em média 5 dias.

Você já conhece o Gastronomos? A nossa produtora de viagens e passeios gastronômicos na França? 

 

Escreva um comentário

Loading cart ...