Ervilhas, essas belezinhas verdes

Pequenas, discretas, subestimadas, doces e deliciosas.

Originária da Ásia Central, a ervilha é cultivada na bacia do Mediterrâneo desde a antiguidade.
Luís XIV, que gostava muito dessas pequenas bolinhas verdes, exigiu que a mesma tivesse um espaço  primordial em seus jardins.

ervilha eu como sim 4

Fruto de uma planta espessa, a ervilha é colhida antes de sua plena maturidade, sua vagem deve ser lisa, firme, verde sem manchas e brilhante. Fuja daquelas amareladas ou com pontos moles. No interior, as ervilhas devem ser pequenas e ainda mais brilhantes. Prove uma: deve ser macia, com um leve sabor adocicado, mas principalmente, não deve farinhenta.

Quando for comprar tenha em mente que 500 g de vagens dá cerca de 175 g de ervilhas.

ervilha eu como sim 1

Como guardar e cozinhar ervilhas

Guarde por no máximo 24 horas na gaveta do refrigerador. Rapidamente elas perdem seu sabor e digestibilidade.
Prepara-las depois de ter descascar é um jogo de criança (aliás, você pode chama-las para descascar, é divertido). O cozimento é rápido, entre cerca de 10 a 15 minutos, depois, um banho de cozida um banho de água gelada permite que a ervilha mantenha sua bela cor verde.

Dicas e casamentos

A versão refogada na manteiga, é a minha versão favorita.  Ao longo do caminho, adiciono salsinha, bacon, ovos e arroz.
As vezes a adição de uma colherzinha de açúcar pode ressaltar seu sabor suavemente .
Um casamento bem sucedido é com a hortelã.
Seu dueto com cenoura é mais do que consagrado, mas a ervilha também faz uma excelente parceria com outros vegetais como aspargos, favas verdes aipo, nabos e alcachofras.
A ervilha é uma grande companheira das para carne, suas preferidas são a vitela e cordeiro, aves, peixes e mariscos.
Também colore perfeitamente um risoto ou uma salada mista. Versátil como só ela pode se transformar em espumas, consomês, sopas e molhos.
Brinque com ela, você com certeza obterá surpresas agradáveis.

Receitas com Ervilhas

Sopa de Ervilha com Wasabi

Creme gelado de ervilhas com hortelã fresca

Purê de ervilhas (ótimo acompanhamento para carnes)

ervilha eu como sim 2

800 g de ervilhas frescas ou congeladas
250 ml de creme de leite de preferencia fresco
30 g de manteiga
8 folhas de hortelã
sal e pimenta

Cozinhe as ervilhas por 15 a 20 minutos em água fervente com sal. Uma vez muito macia, drene-as. Aqueça o creme e coloque e bata no mixer ou no liquidifica com as ervilhas, a hortelã, a manteiga, o sal e a pimenta até ficar homogêneo. Sirva quente.

Fricassé de Frango com ervilhas

ervilha eu como sim 3

4 sobrecoxas e coxas de frango orgânico
500 g de ervilhas frescas e congeladas
2 ou 3 cebolas
200 ml de vinho branco
200 ml de caldo de galinha
200 ml de creme líquido
50 g de manteiga
2 colheres de sopa de azeite
sal e pimenta

Doure o frango em uma panela com tampa no azeite em fogo alto por 5/10 minutos.
Baixe o fogo, fatie as cebolas e doure-as com o frango. Uma vez douradas, coloque o vinho branco e deixe ele reduzir pela metade.
Adicione o caldo de galinha e cozinhe por 1 hora coberto, mexendo ocasionalmente.
Cozinhe as ervilhas por 5 minutos em água fervente com sal e jogue na agua gelada imediatamente para reter a cor verde viva.
Retire os pedaços de frango da panela, adicione o creme e a manteiga. Reduza este molho em fogo alto por 5 minutos, mexendo sempre para emulsionar.
Para terminar, coloque as ervilhas e o frango de volta na panela e deixe cozinhar alguns minutos antes de servir.

One Comment

  1. Pingback: Ervilhas, essas belezinhas verdes - Mega Buzz

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>