Potato+Latkes
É inevitável: Se você assar, fritar, ferver ou até fazer um puré de batata, é quase garantido que fique delicioso. Com batata é díficil errar. Mas se você deseja fazer algo realmente fantásico e conquistar multidões nada pode se comparar a um crocante, macio e acebolado latke.

Não vou mentir para você, não é tão fácil quanto parece. Eles requerem um pouco de esforço de produção. Mas a recompensa no final vale infnitamente. Latkes pra mim são um assunto de família. Eles são o alimento perfeito e unânimes do brunch dominical.

Para começar, algumas dicas de ouro para fazer o melhor Latke do mundo:

AS BATATAS
Elas têm que ter um alto teor de amido, pois assim você não precisará de muita farinha para ligá-los. Eu te recomendo usar a Asterix, a Baraka ou a Bintje. E você nem sequer precisa descascar as batatas, basta lava-las bem.

A GORDURA
Ter gordura suficiente na panela é super importante para evitar que os latkes se degringolem. A melhor gordudar para fazer o melhor latke é gordura de galinha, o chamado Schmaltz (você pode encontra-la em bons açougues ou delicatessem judaicas). Vale ressaltar que a gordura animal deixa um sabor especial na fritura, principalmente de legumes como cebolas e batatas e é muito mais sã que muita gordura vegetal que a gente ve por aí.

schmaltz_large

O MÉTODO
Seja na mão ou num processador de alimentos apenas um cuidado deve ser tomado na hora de ralar a batata e a cebola, essa dica é muito importante para manter seus latkes crocantes e não enchardos: aperte o excesso de líquido tanto da batata quanto da cebola antes de misturá-los com a farinha e os temperos. E não se esqueça de adicionar mais gordura cada vez que adicionar um lote na frigideira.

cheesecake and kimchi pancakes 025

Como a maioria das receitas que nasceram para serem amadas a confecção dos latkes não pode ser apressada ou feito a esmo. Nossos queridos Latkes devem ser trabalhados com carinho, e se você seguir esta receita simples, passo a passo, você será recompensado com perfeitas, douradas e crocantes panquequinhas de batata que são puro amor.

Receita: Latkes de batata

1kl e 800 gramas de batatas com casca (cerca de 5 batatas grandes)
500g cebolas amarelas (cerca de 2 cebolas médias)
1/4 xícara de farinha de trigo
2 colheres de chá de sal
1/2 colher de chá de pimenta preta moída na hora
2 ovos grandes, ligeiramente batidos
1/4 – 1/2 xícara (ou mais) de óleo vegetal (canola ou girassol)
1/4 xícara (ou mais)
(gordura de frango, opcional mas altamente recomendados, se não achar, substitua pelo óleo que estiver usando)

Preaqueça o forno a 120 graus.
Usando um processador de alimentos ou um ralador à mão, rale as batatas e as cebolas, em seguida transfira para uma tigela grande. Trabalhando em lotes, coloque as batatas e as cebolas em um pano de prato limpo e torça para tirar a maior quantidade possivel de líquido, em seguida, transfera a mistura de batata-cebola para outra tigela grande. Repita operação até finalizar toda a batata e a cebola ralada. Quanto mais líquido você remover, mais crocantes seus latkes irão ficar, então tome seu tempo e use vários panos, se necessário.
Em uma terceira tigela, misture a farinha, o sal, e a pimenta. Adicione os ovos e bata até combinar. Adicione a mistura de batata-cebola e misture bem.
Em uma frigideira grande em fogo médio, derreta metade do schmaltz (gordura de galinha) e o óleo (ou somente o óleo se não estiver usando o gordura de galinha). Coloque 2 a 4 colheres de sopa de mistura latke na gordura bem quente, espaçando para que eles não grudem. Achate os latkes ligeiramente usando uma espátula e cozinhe, virando uma só vez, até ficarem dourados e cozido, de 3 a 4 minutos de cada lado. Prepare um prato com papel-toalha para secar os latkes depois de fritos. E os coloque dentro do forno (de preferencia na grade mesmo) para não esfriarem. Volte para o fogão e continue fritando toda massa, devagar, visando manter alta a temperatura do óleo. Adicione mais schmaltz e / ou óleo em torno da borda da panela, conforme necessário.
Mantenha os latkes quentes no forno até a hora de servir.

Bon Appétit!

0o Comentário

  1. Yochanan Ben Abraham Avinu Reply

    Gostei das receitas de laktes, gostaria de receber outras receitas da culinária judaica, inclusive, das festas.

Escreva um comentário