Alho Poró é um dos ingredientes de base da cozinha francesa, aprenda mais sobre ele.

Um pouco de história

Chamado antigamente de “aspargo dos pobres”, alho poró não tem nada do que se envergonhar.
Este tesouro nativo dos solos europeus é consumido desde a antiguidade. E inclusive aparece nos relatos dos banquetes dos imperadores romanos.

Como escolher:

Prefira aqueles com aspecto fresco, com a raiz bem branca e se possivel com sinais de terra ainda humida grudade na raiz. As folhas devem estar bem verdes e firmes e o talo branco deve ser grosso, duro sem partes amolecidas.

Como conservar:

Não deixe mais de 4 dias na gaveta inferior da geladeira.
Antes de consumir elimine um pedacinho da ponta branca e outro das folhas verdes.

Atenção: No alho poró tudo se come.
Tudo vai depender da receita escolhida e exitem milhares de maneiras de se preparar.

Como preparar: 

Além de lavar muito bem as folhas e eliminar aquelas que estão amareladas. Eu gosto de fazer um incisão na parte branca de cima a baixo , abrindo-a pela metade e tirando qualquer vestígio de terra que esteja la dentro.

Como que combinar?

Apesar do nome ser Alho Poró seu sabor é único mas seu sabor e sua utilização esta muito mais proxima da cebola do que do alho. Use para temperar molhos de carne, molhos branco, guizados. Para rechear tortas, empanadas. Combine como outros legumes para tempera-los e revelar ainda mais o sabor de ambos.

Antes de começar voce pode ver todas as nossas dicas de como fazer o risoto prefeito aqui.

Receita: Risotto de Alho Poró

Risoto de alho poró

1 alho-poró, picado
1 cebola pequena, picada
250 g de cogumelos de paris fatiados
1 litro Caldo de legumes
2 colheres de sopa de manteiga
300 g de arroz arbóreo ou carnerolli
150 ml de vinho branco seco
1 pitada de tomilho
sal, pimenta
80 g de queijo parmesão ralado

Em uma panela com bordas altas, derreta 1 colher de sopa de manteiga e salteie o alho-poró e a cebola em fogo médio por 6-7 minutos, mexendo regularmente.
Tempere com sal e pimenta, adicione os cogumelos e refogue por mais 10-12 minutos, ou até que os cogumelos fiquem completamente dourados.
Adicione o arroz, e salteie até se tornarem translúcidos, cerca de 5 minutos.
Adicione o vinho, mexendo o arroz constantemente até o vinho ser completamente absorvido.
Adicione o caldo pouco a pouco (com uma concha), enquanto mexe constantemente. O tempo de cozimento é de cerca de 35min.
Experimente o arroz de vez em quando para verificar o cozimento e pare de despejar o caldo quando o cozimento parecer bom (o arroz deve ficar cozido ao dente)
Fora do fogo, acrescente a 2ª colher de sopa de manteiga e o parmesão. Misture bem.
Sirva quente!

 

Você já conhece o Gastronomos? Nossa agencias de passeios e viagens gastronômicas na França? 

 

foto linda da: freethepickle.fr

Escreva um comentário

Loading cart ...