Top 5 Padarias em Paris

Quando em Paris, não há nada melhor para fazer do que passear. Ainda mais se puder parar em alguma padaria e provar uma baguette fresca, um pain au chocolate ainda quentinho ou um croissant saído do forno. Mas não se engane, não é em qualquer lugar que você terá uma boa experiência. Em uma cidade com tantas escolhas não é difícil se deparar com produtos, digamos assim, não tão  bons.

Foi por isso que tive a idéia deste post. Visitei algumas dezenas de padarias buscando suas especialidades, de croissants a pães com fermentação natural. De folheados de maça a baguettes integrais orgânicas. De mestres seculares aos recém-chegados chefs inovadores.
A seguinte lista apresenta cinco das minhas padarias favoritas em Paris, em nenhuma ordem particular.

Bon Apéttit!

MAISON LANDEMAINE

Landemaine
Desde a sua abertura em 2004, a Landemaine ganhou o carinho do público e agora tem diversas filiais em toda a cidade. A loja original é localizada na Rue de Clichy no 9º arrondissement. Fundanda por Rodolphe Landemain and Yoshimi Ishikawa após a consagração em Paris, os chefs acabaram de abrir uma filial+escola em Tokyo. O carro chef e absolutamente imperdível é o pão de fermentação natural o “Pain Clichy”.
Maison Landemaine
56, rue de Clichy, 75009 Paris
de Terça a Domingos das 7:00 – 20:00

LIBERTÉ

Liberte-Bakery-Paris-Mimi-Giboin-Remodelista-14
Um misto de padaria e doceria, a Liberté abriu suas portas em 2013 apenas no badalado Canal St. martinin 10º arrondissement. A cozinha aberta permite aos clientes verem e testemunharem a arte e cuidado gasto com cada um dos produtos vendidos la dentro.
Há várias especialidades, mas a reinvenção da tradicional torta de creme feita pelo chef da casa: Benoît Castel, é um verdadeiro deleite.
Maison Liberté
39 rue des Vinaigriers, 75010 Paris
De Segunda a Sábado 07h30 – 20:30


DU PAIN ET DES IDÉES

Bio-Breads-Inside-Du-Pain-et-Des-Idees
Ela fica em uma casa datada de 1889 e sua abertura foi em 2002, a pitoresca Du pain et des idées encontrar-se no 10º arrondissement , bem perto da Liberté (citada acim). Trata-se de uma padaria premiada, todos seus produtos são executados pelo chef-proprietário Christophe Vasseur. Seu pão “marca registrada” é deliciosamente chamado de ‘Pain des Ami ” pão dos amigos. Ele é cozido com uma técnica especial em forno a lenha, o que dá o pão um sabor defumado incomparável. Quanto aos doces, não deixe de provar seus caracóis de pistache e os croissants.
Du Pain et Des idées
34 rue Yves Toudic, 75010 Paris
De Segunda a Sexta das 6h45 – 20:00


LA FLÛTE GANA

DinanBoulangerieLaFluteGana_Shop
Desde que a padaria ganhou o concurso de melhor baguette em 1981 virou a estrela do 20º arrondissement. Muito mais do que apenas a favorita do bairro, a popularidade de La Flauta Gana se dá pelo amor dedicado à boulangerie. Fundada em 1934 eles já estão na terceira geração de boulangers”
Compre uma baguette tradicion, mas acima de tudo, leve um o pão “Gana” cuja a receita é um segredo bem guardado que não muda há mais de 30 anos.
La Flûte Gana
226 Rue des Pyrenees 75020 Paris
De Segunda a Sexta 7h00 – 20:00


POILÂNE

74548450_630df1ab4c

Por último, mas não menos importante, a Poilâne não poderia ficar fora desta lista. Fundada em 1932 por Lionel Poilâne na rue du Cherche-Midi, 6º arrondissement bem perto do metrô Saint-Germain-des-Prés. Esta padaria faz parte da história do bairro. Seu pão, que trás gravada a letra ‘P’ na crosta é conhecido em todo o mundo. De casca e miolo escuro há mais de 70 anos causa filas na porta da maison. Você terá que correr para pegar a fornada da manhã por volta das 7:30 ou da da tarde por volta das 18h se quiser garantir o seu.
Além de pão tradicional não deixe de provar a torta rústica de maça.
Poilâne
8 Rue du Cherche Midi, 75006 Paris
Segunda-feira – sábado 07h15 – 20:15

 

 

2 Comments

  1. Olá! Aproveitando o tema do post queria te perguntar: você chegou a conhecer a padaria La Conquête du Pain? Ela ainda existe? Já li um pouco sobre ela e seria legal saber um pouco mais pelo seu olhar.

    Ela é mais conhecida por causa do modelo de autogestão, mas, segundo algumas reportagens, os produtos também são deliciosos.

    Adoro seu site. Parabéns pelo seu trabalho e obrigado por sempre trazer esses conteúdos ótimos para nós :)

    • Oi Matheus, não conhecia a La Conquete du Pain então fui pesquisar e descobri várias coisas. de fato (existe ou existiu pois seu site e sua pagina do fb estão super desatualizadas) uma padaria chamada La Conquete de Pain mas como ela fica em Montreuil um pouco longe da minha casa eu nunca tive oportunidade de ir, pesquisei e vi que eles tinha uma gestão bastante preocupada com a inclusão social e vendiam pães mais baratos que o mercada, alem do final do dia doar toda a produção para aqueles que não tinham condições de comprar, uma proposta arrebatadora, espero que não tenham fechado.
      outra coisa que descobri na minha pesquisa é que a La Conquete du Pain é também um livro escrito pelo anarcocomunista Piotr Kropotkin. Este livro, aponta o que considera os defeitos nos sistemas econômicos feudal e capitalista, e como ele acredita que eles prosperaram a partir da manutenção da pobreza e da escassez, apesar da abundância graças à tecnologia, enquanto promoviam a manutenção de privilégios sociais, tendo como símbolo a riqueza. Ele propõe um sistema econômico mais descentralizado, baseado no apoio mútuo e na cooperação voluntária, afirmando que as tendências para esse tipo de organização já existe na Evolução e nas sociedades humanas.
      Acho que já sabemos da onde veio a inspiração do nome da padaria não é?
      Obrigada por me trazer esse tema, foi muito enriquecedor.
      um abraço, Karen

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>