Voilà: A receita do Boeuf Bourguignon

Julia Child no seu livro a Arte da Culinária Francesa descreve o Boeuf Bourguignon como: “Certamente um dos pratos mais deliciosos inventados pelo homem.”

O Beef Bourguignon é um ensopado de carne de vaca cozida em vinho tinto baseado em dois produtos de excelência na Borgonha: a carne (principalmente a de boi Charolês) e o vinho. O Boeuf Bourguignon é cozido lentamente para o vinho impregnar todos os ingredientes.
Provavelmente, a técnica de ferver a carne em vinho surgiu como um meio de amaciar os cortes que teriam sido muito difíceis de cozinhar de outra forma. Conta-se que a primeira receita foi escrita por Auguste Escoffier. No entanto, ela já era realizada muito anos antes dele nascer.

A receita abaixo foi tirada e adaptada por mim : ) do livro Daily Marx do maravilhoso chef Thierry Marx.
Todo e qualquer cozido fica mais gostoso se preparada no dia anterior e requentada no dia seguinte.

Boeuf Bourguignon – para 4 pessoas 
(30 min de preparação, 1h de cocção e 5h de repouso)
1kilo de Alcatra, músculo ou colchão mole cortado em cubos
1 cenoura grande
1 alho póro
1 cebola
1cabeça de alho inteira com casca
50g de farinha
1 litro de vinho tinto bom
200g de champingons de Paris, pode ser em conserva
200g de cebolinha pérola, pode ser em conserva
100g de bacon (opcional)
1 colher de sopa de óleo
Sal e pimenta

Em uma grande tigela prepare a marinada: a cebola cortada em quatro, a cenoura cortada em pedaços não descascada, o alho póro cortado em pedaços (parte branca e verde), a cabeça de alho debulhado e com casca, sal, pimenta e o vinho tinto. Junte os cubos de carne nessa marinada e coloque na geladeira por 5 horas. Doure o bacon e reserve.
Pré-aqueça o forno 200graus. Passe a marinada numa peneira para separar o liquido da carne e dos legumes. Não descarte o líquido! Em uma panela que possa ira ao forno aqueça um pouco de óleo e frite os cubos de carne para selar o suco evitando que a carne perca liquido durante o cozimento. Retire a carne e agora frite os legumes, os champingnons e as cebolinhas até dourar. Retire-os, descarte o óleo que sobrou na panela. Separe os champingnons, as cebolinhas e reserve.
Volte a carne e os legumes para a panela e agora em fogo alto, adicione a farinha. Misture bem, você vai ver que a farinha mudará a cor da carne e dos legumes.
Jogue o líquido da marinada, deixe ferver. Retire do fogo, feche a panela e leve ao forno préaquecido por 45min a 1h. Nos 15 minutos finais acrescente os cogumelos, as cebolinhas e o bacon.
Vale lembrar que este é um prato para fazer de véspera e comer no dia seguinte ou até dois dias depois.

Sirva com uma massa, arroz ou com batatas.

25 Comments

  1. vou tentar fazer essa semana, e aviso se ficou bom :)

  2. Bom dia ,
    Eu moro em Marseille e queria saber qual a carne aqui na França seria equivalente a essas carnes da receita ? E tb queria saber se posso cozinhar apenas no fogão pois não tenho uma panela que vá ao forno !
    Obrigada
    Adoro seu site
    Bjs
    Amanda

  3. Welber Silveira Noronha says:

    Ótima receita! J’adore!!

  4. Danielle brito says:

    Olá. Fiquei na dúvida se era pra usar vinho suave ou seco.

  5. nora nei henrique de oliveira says:

    QUAL É O TIPO DE FARINHA A SER USADA? OBRIGADA

  6. No modo de preparo vc fala sobre caldo de carne em cubos mas não colocou entre os ingredientes, quantos são?

  7. Fiz essa receita e ficou deliciosa!!

  8. Ana Paula Juliani says:

    Fiquei na dúvida se recoloco na panela com a carne só o líquido da marinada ou também os legumes/temperos. Já comi esse prato só com o molho e tb com os legumes a mostra. Não sei como é o mais correto.Obrigada

    • Vamos lá:
      voce coa a marinada, separa a carne, os legume e o liquido. NAO DESCARTA NADA.
      Doura a carne para selar. Tira a carne. Doura ou legumes, tire o excesso de oleo da panela. Junte a carne aos legumes na panela.
      Junta a farinha e deixa dourar. Junta o liquido da marinada.

  9. Fernanda bande says:

    Só uma dúvida…no filme da julie e Julia nas 3 cenas que este prato está sendo feito aparecem as personagens derramando vinho na panela e levantando uma fervura densa e “bonita” por assim dizer…vi em vários sites a receita adaptada de alguma forma e ninguém usa o vinho no fogo, só na marinada! Pode me explicar se tem diferença de preparo?

    • Bem, acredito que a cena que voce se refere no filme pode ser mais que qualquer coisa uma licença poetica. As receitas de Boeuf Bourguignon são pautadas principalmente pelo principio de marinar a carne dura no vinho para que ela amoleça e o sabor do bom vinho da borgonha penetre e releve seu sabor. Creio que acrescentar durante o cozimento trará mais personalidade ao molho mas não interfirará no gosto da carne já que essa já foi marcada durante a marinada.

  10. Olá, uma unica dúvida.
    Quando diz vinho seco, pode ser qualquer casta de uva?

  11. Olá, gostaria de saber se o alho com casca fica até o final da receita ou se quando eu peneirar para separar o liquido da carne e dos legumes eu retiro o alho.

  12. Manuel Valente says:

    Minha dúvida é se tem que ser “colchão ” de molas ensacadas ou pode ser um daqueles antigos.

    Gente “colchão mole” foi demais!

  13. Olá, eu devo preparar esta receita no próximo sábado, para o almoço de domingo. Aqui em Fortaleza eu raramento acho alho poró ou salsão, o que posso usar para substituir?

    • Serio Alex, não acha nem salsão (em alguns ludares chama de aipo, ele é importante). o que voce tem de legume por ai? pode adaptar colocando algum da regiao ou enteão, no caso do alho poro simplesmente coloque um pouco mais cebola, eles são primos

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>