O louro e a caponata

folha de louro

Desde os tempos antigos o louro nasce no litoral de todo o Mediterrâneo e junto com salsinha e o tomilho, é obrigatório para compor o bouquet garni, ingrediente chave da culinária francesa que doa sabor aos famosos caldos.

O louro requer cozimento lento para soltar todo seu sabor, no entanto como é muito potente deve ser usado com parcimonia, colocadas inteiras e retiradas antes de servir o prato.

No Brasil é no feijão que ele encontra seu principal parceiro mas nas carnes e os peixes, ele tambem funciona maravilhosamente.

Na França e na Itália é tempero importantíssimo.

Na caponata, por exemplo, o louro deixa seu sabor inconfundível.

receita caponata

 

Receita Caponata

1/2 xícara de azeite
2 folhas de louro
1 pimentão amarelo e 1 vermelho
1 beringela cortada em cubos
1 dente de alho picado
2 abobrinhas pequenas picadas
2 tomates italianos sem pele e sem sementes picados
1/4 de xicára de uva passaa branca
2 colheres de vinagre de vinho branco
1/2 xícara de nozes
sal e pimenta do reino a gosto

Na frigideira, aqueça a metade do azeite e junte o louro, o pimentão, a beringela, o alho e a abobrinha. Refogue por 5 minutos. Junte o tomate, a uva passa, o vinagre e os temperos. Cozinhe por mais 10 minutos. Mexa de vez em quando até os vegetais fiacrem macios porém ainda firmes. Retire do fogo, verifique o tempero e junte as nozes. Tire as folhas de louro e regue com o resto do azeite. Deixe esfriar e sirva com toradas. Guarde na geladeira e coma em até quatro dias.

caponata

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>