Madeleine – história e receita

A madeleine é um pequeno bolo em forma de concha, feito originalmente com ovos e raspas de limão, que foi eternizado por Proust em seu livro “Em busca do tempo perdido”.

Originária da cidade de Commercy, conta-se que ela apareceu pela primeira vez na mesa do duque de Lorraine no final do século XVIII. Depois de perder seu reino da Polônia, Stanislas Leszcynski, sogro de Louis XV, recebe o Ducado de Lorraine.

madeleines_commercy

Humanista, filantropo e filósofo, ele mantinha um estilo de vida luxuoso. Diz a lenda que uma noite o convidado de honra para o jantar era o controverso escritor Voltaire. Muitos ali naquela cidade detestavam Voltaire, inclusive o mordomo e o padeiro do Duque que se recusaram a lhe servir. Para salvar o jantar do fiasco Madeleine, uma empregada da casa, improvisa uma receita de bolo ensinado por sua avó. Todo mundo aprecia e Stanislas envia um pacote de “madeleines” para sua filha. A encomenda pipoca em Versalhes e em pouquissimo tempo Commercy vira a capital francesa da madeleine.

Em 1852, a linha de trem Paris-Strasbourg é inaugurada e, a fama do bolo já é tão grande, que a prefeitura autoriza a venda de madeleines na plataforma da estação. Todos os viajantes retornam de Commercy com uma caixa debaixo do braço. Após a Segunda Guerra Mundial, a madeleine se tornou um produto comum do consumidor, sendo produzido em larga escala em fábricas em toda a França.

madeleine

Receita de madeleines por Pierre-Dominique Cécillon para Larousse Cuisine – 20 madeleines
100 g de manteiga + para um pouco para untar
1/4 da casca de limão siciliano ou verde  (ou outro sabor: baunilha, água de flor de laranja…)
2 ovos
120g de açúcar
100g de farinha
3g de fermento em pó

Pré-aqueça o forno a 220 graus.
Em uma panela pequena, derreta a manteiga em fogo baixo. À parte raspe a casca de 1/4 de limão.
Em uma tigela, bata os ovos e o açúcar até obter uma mistura espumosa. Adicione a farinha e o fermento peneirado, mexendo sempre. Despeje a manteiga devagar (para evitar deixar cair o soro de leite). Por fim, adicione as raspas de limão e misture bem.
Unte a forma de madeleine. Preencha com 2/3 da massa. Asse em forno a 220°C durante 5 minutos, em seguida, abaixe a temperatura para 200°C e cozinhe por 10-15 minutos.
Desenforme ainda quente e deixe esfriar antes de servir.

madeleines no forno

Dica:
Se você não usar toda a massa de madeleine no mesmo dia, você pode mantê-la na geladeira e assá-la mais tarde.

2 Comments

  1. Pingback: Quando a Madeleine encanta Paris | Eu como sim

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>